Ads Top

Está explicada a palhaçada do jogo de ontem

Em jogos anteriores, esse arbitro de merda meteu a mão descaradamente no clube Atlético PR. Ontem no jogo contra o Palmeiras a coisa não foi diferente.

O time do Palmeiras desde o início do jogo estava dando cotoveladas nos jogadores do CAP, após apanhar muito, a reclamação por parte do time atleticano começou (pra que?). Isso foi o suficiente para o árbitro começar a retirar seus cartões do bolso e liberar geral contra o Atlético PR.

O jogo já não estava muito bonito, e a arbitragem de Marcelo de Lima Henrique colaborou para que o jogo ficasse mais feio e travado. Foram nada menos que dez cartões amarelos e um vermelho, para Cléber Santana, ainda no primeiro tempo. As duas equipes saíram de campo reclamando, e o dirigente Alfredo Ibiapina, do Atlético-PR, foi expulso na metade da etapa final por protestar no gramado da Arena.

Mesmo com um jogador a menos, o time rubro negro mostrou sua raça e partiu pro ataque, conseguindo empatar em casa.

Os próprios comentaristas da rádio comentavam “COTOVELADA PODE, RECLAMAÇÃO NÃO”. Ibiapina ficou tão emputecido da cara com a arbitragem, que chegou a xingar o juíz na rádio de filho da puta e ainda disse que aquele vagabundo não coloca mais os pés na arena.

Domingo o Furacão totalmente desfalcado, pega o Flamengo lá no Rio, e é ai que está o segredo de tudo. O Juíz não passa de um urubu que tem que tomar no cú!

Marcelo de Lima Henrique

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.